NOTÍCIA

Cenário político faz taxas na renda fixa subirem, momento é para investir

Publicada em 01/12/2015


Nos últimos dias, tem chamado a atenção de muitos investidores um aumento nas taxas prefixadas oferecidas no mercado da renda fixa. O Tesouro Prefixado, título do Tesouro Direto, já paga mais de 16% ao ano atualmente. No entanto, vale a pena fazer esse investimento? Qual o risco dele?

André Albo, sócio da Alta Vista Investimentos, explica que esse aumento das taxas na renda fixa atual está muito associado à questão política. "Com os novos desdobramentos da Operação Lava Jato, as taxas deram uma acelerada nas taxas", relata o assessor de investimentos.

Albo explica que esse é um momento adequado para investir em títulos prefixados. "Pode subir mais? Acho que sim, dependendo dos novos desdobramentos políticos, mas é fundamental que o investidor entenda: se ele comprar a uma taxa de 16% e ela voltar a subir, ele só terá prejuízo se vender o papel no meio do negócio, mas se carregar até o vencimento receberá exatamente a taxa do momento de compra", explica.

Pelo outro lado, caso as taxas recuem no futuro e o investidor esteja "prefixado" em uma taxa maior, ele pode embolsar um lucro maior. "O risco é só para quem se desfazer do título antes do vencimento", atesta.

Ezequiel Karling, da Moinhos Investimentos, segue a mesma linha. Para ele, esse é o momento de prefixar. "Mesmo com uma alta nas taxas de juros, o patamar atual das taxas prefixadas dificilmente ficará abaixo do CDI (Certificado de Depósito Interbancário)", completa.

Fonte: InfoMoney

Compartilhar:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Sisand recebe certificação do myHonda

Publicada em 29/06/2016

leia

Cenário político faz taxas na renda fixa subirem, momento é para investir

Publicada em 01/12/2015

leia

"NYT" lança serviço de notícias em realidade virtual

Publicada em 09/11/2015

leia

7 atitudes de pessoas hiperprodutivas no trabalho

Publicada em 28/10/2015

leia